Skip to main content

Article Category

News

Article available in the folowing languages:

Soluções baseadas na natureza — benefícios e oportunidades

Os benefícios e as oportunidades alcançáveis através das soluções baseadas na natureza (SbN) para enfrentar os desafios globais e societais nunca foram tão relevantes, importantes ou urgentemente necessários como agora.

Climate Change and Environment

Ao longo dos tempos e em todo o planeta as civilizações tentaram aproveitar e utilizar o poder da natureza, frequentemente com algum sucesso (a curto ou longo prazo), mas recorrendo também a meios que causaram importantes danos a nível social, económico e ambiental. No entanto, o aquecimento global introduzido pelo ser humano, as alterações climáticas, a degradação ambiental e a perda de biodiversidade — causadas pela poluição, a perda ou deterioração dos habitats naturais e a expansão urbana — vieram realçar ainda mais a forma como as nossas sociedades alteram os ecossistemas, o modo como acedemos aos seus benefícios ou utilizamos os seus serviços, bem como a forma como nos protegemos das ameaças e catástrofes naturais. A Comissão Europeia define SbN como sendo «soluções inspiradas e sustentadas pela natureza, que são economicamente viáveis, proporcionam benefícios simultaneamente ambientais, sociais e económicos e ajudam a aumentar a resiliência; estas soluções trazem um número maior e mais diversificado de características e processos naturais e da natureza às cidades, paisagens terrestres e marinhas, através de intervenções adaptadas aos locais, eficientes em termos de recursos e sistémicas.» Salienta ainda que as «soluções baseadas na natureza devem beneficiar a biodiversidade e apoiar a prestação de uma gama de serviços ecossistémicos». As comunidades urbanas e rurais dependem fortemente de infraestruturas e sistemas «convencionais» para o abastecimento de água, aquecimento, iluminação, drenagem, refrigeração e outros serviços, tais como espaços de encontro ou de lazer. Tudo indica que estes sistemas e tecnologias mais antigos podem já não ser adequados para os fins a que se destinam, à luz das alterações globais cujos impactos se fazem sentir com crescente gravidade e frequência. A urgência destas questões é acompanhada da necessidade de desencadear mudanças rápidas a nível do património cultural profundamente enraizado e frequentemente precioso, dos quadros jurídicos, dos sistemas de governação e das normas profissionais e pessoais que foram gradualmente desenvolvidos, ou seja, ao longo de milénios. As redes e sistemas que foram construídos estão no centro da nossa forma de celebrar acordos e de resolver os litígios entre pessoas, comunidades, cidades, regiões e países, ou até mesmo continentes. A possibilidade de errar é, por conseguinte, enorme, mas as oportunidades são igualmente substanciais, principalmente se inovarmos em conjunto e aprendermos uns com os outros. Deste modo, as SbN oferecem uma importante oportunidade de inovação, com a possibilidade de proporcionar benefícios duradouros e tangíveis em diferentes grupos sociais, numa série de contextos ambientais, económicos e culturais, e em nítido contraste com a forma pela qual as convencionais soluções «cinzentas» ou «tradicionais» são idealizadas, concebidas e geridas ao longo dos tempos. No entanto, muitas SbN continuam a ser soluções relativamente novas, apresentando importantes desafios e incógnitas relativamente à sua (co)conceção, funcionamento, manutenção e forma de organização da sua implementação. O pacote de resultados sobre soluções baseadas na natureza do CORDIS alimenta os debates em curso quanto à forma de melhorar as condições de enquadramento das SbN ao nível da política da UE e como apoiar a crescente comunidade europeia de investigação e inovação na área. Fonte: Nature-based Solutions: State of the Art in EU-funded Projects’ (Wild et al. (Eds.). Para mais informações, consulte o sítio Web de investigação e inovação da Comissão Europeia (CE) relativo ao domínio político das SbN. Os principais desenvolvimentos da agenda de investigação e inovação de SbN da CE são apresentados em Faivre et al (2017). Está disponível aqui uma síntese útil dos principais desenvolvimentos, na sequência de um ateliê recentemente realizado sob o tema «Mobilizar a ampliação de SbN para as alterações climáticas ao longo de 2020 e nos anos seguintes».

Keywords

soluções baseadas na natureza, SbN, urbano, ambiente, inovação, Horizonte 2020