Skip to main content

Article Category

Results Pack

Article available in the folowing languages:

Soluções baseadas na natureza: transformam cidades e melhoram o bem-estar

A urbanização insustentável, as alterações climáticas, a perda de biodiversidade e a degradação dos serviços ecossistémicos são apenas alguns dos desafios com que se debatem as sociedades de todo o mundo. O Pacote de Resultados apresenta nove projetos financiados pela União Europeia (UE) que desenvolveram ferramentas e competências importantes para lidar com estes desafios através de soluções baseadas na natureza que permitem construir sociedades sustentáveis, resilientes e prósperas.

Digital Economy
Climate Change and Environment
Energy

As soluções baseadas na natureza (SbN) podem proporcionar respostas economicamente eficientes e localmente ajustadas para muitos dos desafios ambientais, sociais e económicos enfrentados pelas sociedades modernas. Embora as tecnologias e os mecanismos para a criação de emprego e o crescimento económico sejam abundantes, tornou-se primordial considerar a sustentabilidade dos esforços de inovação contemporâneos.

Ambientes urbanos em destaque

As SbN são concebidas para proporcionar mais natureza e processos naturais aos ambientes urbanos e não urbanos. O princípio defendido é que trabalhar com a natureza, e não contra ela, pode conduzir a uma economia e sociedade mais eficientes em termos de recursos, mais ecológicas e mais resilientes, de uma forma que aumenta o capital natural em vez de o esgotar, apoiando, ao mesmo tempo, o crescimento económico, a criação de emprego e melhorando o nosso bem-estar. Atualmente, 70 % dos cidadãos europeus vivem em cidades, um número que se espera que aumente para 80 % até 2050. Ou seja, em apenas trinta anos 36 milhões de novos cidadãos urbanos necessitarão de habitação, emprego e cuidados. Em simultâneo, o ritmo insustentável da urbanização, tal como se verifica atualmente, está a pôr em perigo a biodiversidade e os ecossistemas naturais, bem como a saúde humana e a coesão social. A Europa já possui um vasto repositório de conhecimentos, de competências científicas e de capacidades tecnológicas relevantes para as SbN. O que é preciso é melhorar a base das evidências e a fundamentação e implementar as soluções baseadas na natureza com mais celeridade e a uma escala mais alargada.

Colocar a UE no mapa como líder mundial ambicioso

Os nove projetos financiados pela UE e apresentados neste Pacote de Resultados contribuem para os atuais debates sobre como melhorar as condições de enquadramento para as SbN a nível da política da UE e apoiar a crescente comunidade europeia de investigação e inovação no terreno. Embora sejam necessárias mais evidências e conhecimentos para desenvolver, aperfeiçoar e integrar as SbN na Europa e no mundo, os projetos abaixo fornecem uma base sólida para a investigação e implementação futuras, colocando a UE no mapa como líder mundial ambicioso na construção de sociedades sustentáveis, resilientes e prósperas. Os projetos CONNECTING Nature e GROW GREEN promovem as SbN que pretendem melhorar o bem-estar e a regeneração das áreas urbanas através da aprendizagem entre pares e do reforço de capacidades entre as cidades. Apesar de muitas SbN terem já sido experimentadas e testadas, a sua implementação não se resume a uma mera substituição de uma forma existente e estabelecida de atuação. Na maioria dos casos, as SbN requerem uma mentalidade e abordagem de governação totalmente novas, assim como novos modelos de negócios e de financiamento. O projeto URBAN GreenUP desenvolveu uma ferramenta digital para ajudar autoridades, urbanistas e cidadãos a identificarem as SbN que melhor se adequam às necessidades de uma cidade. Numa linha semelhante, o Navegador de Soluções Baseadas na Natureza do projeto NATURVATION visa apoiar os decisores na identificação dos tipos de SbN que contribuem para objetivos de desenvolvimento sustentável específicos, enquanto a equipa por detrás do projeto UNALAB desenvolveu um conjunto de ferramentas baseado nas experiências de três cidades europeias para apoiar a cocriação na exploração, conceção, implementação e avaliação de SbN específicas. Outro aspeto a ter em consideração é como envolver múltiplos níveis da sociedade — desde cidadãos e investigadores a decisores políticos e líderes da indústria — nas discussões e esforços para trazer as SbN para as áreas urbanas e não urbanas. O projeto Nature4Cities criou uma plataforma na Internet de conhecimento e de apoio à decisão para sensibilizar para as SbN e fomentar novos modelos colaborativos para a sua adoção, enquanto a plataforma de comunicação ThinkNature, que agrega várias partes interessadas, visa promover as SbN aos níveis local, regional, da UE e internacional através do diálogo e da interação. Muitas ações centram-se nos ambientes urbanos, mas existem vários outros aspetos das SbN que têm de ser considerados. O MERCES foca-se no ambiente marinho e na forma como a recuperação de ecossistemas de ambientes marinhos degradados na Europa pode ser realizada através de SbN eficientes e eficazes. Por último, o projeto NAIAD analisa o valor de proteção da natureza e a sua capacidade de ajudar a sociedade a reduzir os riscos humanos e económicos associados às cheias e à seca.