Skip to main content

Article Category

Article available in the folowing languages:

NATURVATION: reconciliar a urbanização com a natureza

E se as áreas da cidade onde a natureza prolifera passassem a ser a norma? Preocupado com as consequências da urbanização insustentável em toda a Europa, o projeto NATURVATION tem preparado o terreno para uma implementação mais eficaz das soluções baseadas na natureza em ambientes urbanos.

Climate Change and Environment

Quando a pandemia da COVID-19 atingiu as nossas sociedades com toda a sua força, começámos a olhar para a cidade onde vivemos a partir das nossas casas ou através do espetro de breves caminhadas no parque mais próximo. A poluição atmosférica diminuiu de forma drástica em toda a Europa. A natureza conseguiu recuperar o fôlego durante algum tempo. Tivemos a oportunidade de testemunhar o seu despertar sob uma realidade diferente e, mais importante, recebemos um lembrete dos desafios que se avizinham para as cidades densamente povoadas. Um desses desafios é a perda da biodiversidade, juntamente com outros como as alterações climáticas, a qualidade da água e os cuidados de saúde. As soluções baseadas na natureza (SbN) são uma forma de o enfrentar, mas, na verdade, até hoje o seu potencial tem sido largamente negligenciado. «O nosso Atlas da Natureza Urbana regista 1 000 exemplos de SbN em apenas 100 cidades — mas muitas vezes estas iniciativas são de pequena escala. Não são vistas como soluções “dominantes” eficazes para os desafios da sustentabilidade urbana e estão a ser executadas, em grande parte, de forma experimental, com vários atores públicos, privados e comunitários a testá-las para resolver problemas locais,» explica Harriet Bulkeley, Professora de Geografia na Universidade de Durham. Embora existam poucas dúvidas de que um ambiente urbano mais verde e amigo da biodiversidade seria um benefício para todos, surpreendentemente existem poucas provas da eficácia das SbN. E mesmo para os vários atores que veem vantagens tangíveis, a questão sobre quem deve assumir os encargos revelou-se bastante complexa. O projeto NATURVATION, coordenado por Bulkeley, tem vindo a trabalhar numa solução para apoiar a tomada de decisão e otimizar os seus benefícios. «Temos agora um protótipo do nosso Navegador de Soluções Baseadas na Natureza, que esperamos lançar ainda em 2020. Apoiará os decisores a identificar que tipo de SbN contribui para cada um dos objetivos de desenvolvimento sustentável», afirma. Ao contrário das ferramentas de avaliação existentes centradas numa solução ou num desafio de sustentabilidade, o NATURVATION reúne as melhores provas disponíveis para criar um quadro de avaliação multicritério. Este último pode ser utilizado em diferentes processos de consulta e deliberação com as comunidades e as partes interessadas, para as ajudar nas suas escolhas. Para abordar as questões relacionadas com o investimento, o projeto tem também desenvolvido novos modelos de negócio e mecanismos de financiamento através dos quais as SbN podem ser apoiadas. Como Bulkeley explica: «Concentramo-nos em como diferentes modelos de negócio ou opções de financiamento podem ser “combinados” para gerar um caso suficientemente robusto. Trata-se de reunir modelos de negócio que possam reduzir os riscos, melhorar a saúde e gerar benefícios climáticos, permitindo, ao mesmo tempo, retornos não financeiros sobre o investimento, como a melhoria da biodiversidade.»

A biodiversidade deve ser mais do que um efeito colateral

Uma das conclusões mais importantes do projeto relativamente à biodiversidade revela que esta é pouco considerada nos projetos existentes. Apesar de ser abordada de forma específica por um número significativo de iniciativas de SbN, a equipa do projeto aponta a emergência daquilo a que chama «lacunas de oportunidade», onde as SbN não foram concebidas para concretizar todo o seu potencial. Embora o projeto tenha identificado com sucesso as melhores práticas que podem inspirar futuras tomadas de decisão, uma das principais lições aprendidas com a sua investigação relaciona-se com o número de oportunidades perdidas. Quando estiver concluído, em outubro de 2020, o NATURVATION terá proporcionado novas vias para a implementação bem-sucedida de SbN, assim como ferramentas de avaliação específicas. A equipa do projeto já está a trabalhar com a CitiesWithNature — uma iniciativa criada pela ICLEI — para desenvolver uma plataforma onde as cidades podem relatar as suas ações para cumprirem os objetivos globais para a biodiversidade. A equipa colabora também com organizações aos níveis nacional e internacional para desenvolver as condições de política e financeiras no âmbito das quais as SbN possam ser bem-sucedidas. Esta será certamente uma perspetiva reconfortante para os cidadãos preocupados com o futuro sustentável da sua cidade. Todos os projetos financiados pela União Europeia (UE) relacionados com soluções baseadas na natureza, incluindo o Naturvation, estão a desenvolver produtos comuns em conjunto. Estes, assim como todos os resultados do projeto, poderão ser consultados no repositório da UE para as soluções baseadas na natureza, em oppla.eu.

Keywords

NATURVATION, biodiversidade, soluções baseadas na natureza, ambiente urbano

Discover other articles in the same domain of application