Skip to main content

Article Category

Article available in the folowing languages:

Risco reduzido para as PME que estão a ponderar a eficiência energética

O projeto ESI Europe oferece uma solução chave na mão às PME com receio do risco de investir na eficiência energética. A sua abordagem foi apresentada a PME relevantes em Itália, Portugal e Espanha. O projeto conta já com o apoio de seguradoras e instituições financeiras importantes.

Energy

As PME podem ser um motor da inovação, mas a eficiência energética continua a ser, de certa forma, um mundo de incertezas para estas empresas. Depois de tomarem a decisão de investir, não podem voltar atrás e as certezas sobre o que as espera no fim do processo são escassas. A despesa avultada acabará por compensar? Podem realmente confiar nas promessas das empresas de serviços de energia (ESCO) sobre as poupanças? Até agora, a opção mais fácil e segura perante estas questões tem sido, na sua maioria, manter o cenário existente. Como explica Daniel Magallon, Diretor Gerente da Basel Agency for Sustainable Energy (BASE): «Geralmente, as PME dão prioridade aos investimentos mais próximos do seu negócio principal. Ao fazê-lo, controlam melhor os riscos e os retornos e evitam delapidar os recursos já em si limitados.» Como coordenador do projeto ESI Europe (Driving Investment in Energy Efficiency through Energy Savings Insurance in Europe), Magallon acredita no seguro de poupanças energéticas (ESI, energy savings insurance) como uma solução para fornecer às PME mais garantias de retorno sobre os investimentos na eficiência energética. «O ESI reduz o risco e assegura as poupanças de energia. O modelo possui quatro componentes principais: um modelo de contrato cliente-fornecedor; um ESI oferecido por seguradoras locais; um parecer técnico sobre o projeto realizado por uma entidade de validação técnica independente (SGS); e acesso a diferentes fontes de financiamento competitivo de instituições financeiras locais», acrescenta. Para além desta combinação única de mecanismos, a principal inovação do ESI assenta no chamado sistema de gestão de informação. Esta plataforma online apresenta relatórios e monitoriza o desempenho de cada projeto. Utiliza também tecnologia blockchain para garantir a imutabilidade e a segurança das operações. Essencialmente, o sistema proporciona uma plataforma para facilitar o intercâmbio de informações entre as partes interessadas. «O fornecedor da solução elabora e entrega relatórios sobre o desempenho na plataforma, podendo o cliente, posteriormente, aprovar ou rejeitar os relatórios. A entidade de validação gere e verifica os relatórios, quando necessário, e as instituições financeiras e seguradoras podem ver o desempenho dos projetos que apoiam», refere Magallon.

Atrair as PME

O objetivo do ESI Europe foi trazer para a Europa esta combinação de soluções de ESI, centrando-se na Itália, Portugal e Espanha. Foram já celebrados vários acordos de colaboração com as partes interessadas relevantes para o modelo ESI. «Envolvemos um total de seis seguradoras de renome nos três países onde estamos a operar. Este é um resultado importante, uma vez que o modelo ESI pretende, essencialmente, criar confiança na eficiência energética por parte do consumidor final. Também integrámos cinco instituições financeiras e temos trabalhado em conjunto com todos estes agentes nos aspetos relevantes do modelo ESI», afirma Magallon. Os esforços para envolver as PME estavam a começar a surtir efeitos antes da pandemia da COVID-19. Magallon está confiante de que o consórcio vai conseguir redinamizar este processo em finais de 2020 e espera que muitos dos investimentos cancelados devido ao coronavírus sejam retomados em breve. Em particular, a equipa encontrou oportunidades no setor dos sistemas solares, em Espanha. «Acreditamos que o modelo do ESI Europe pode funcionar mesmo nestas circunstâncias difíceis, uma vez que reduz os níveis de incerteza no investimento», refere. O serviço será comercializado com o nome «GoSafe with ESI». Se for bem-sucedido, possui o potencial de revolucionar de forma considerável o comportamento do mercado eliminando a maioria das barreiras entre as PME e o investimento na eficiência energética.

Keywords

ESI Europe, ESI, PME, eficiência energética, finanças, seguro de poupanças energéticas, energy savings insurance, sistema de gestão de informação, MIS

Discover other articles in the same domain of application