Skip to main content

Article Category

News

Article available in the folowing languages:

Fomentar o crescimento e o desenvolvimento do setor biológico

O Pacto Ecológico Europeu tem como objetivo destinar, até 2030, 25 % das terras agrícolas à agricultura biológica. A consecução deste objetivo ambicioso requer investigação e inovação permanentes no domínio da produção alimentar sustentável. O CORE Organic Cofund está a contribuir para impulsionar esta transição ao reforçar a cooperação entre atividades de investigação a nível internacional.

Food and Natural Resources

Para realizar as ambições da UE em matéria de produção alimentar sustentável e de regimes alimentares mais saudáveis, não basta converter as terras para agricultura biológica. Para desenvolver sistemas alimentares biológicos mais sustentáveis, é necessário melhorar as práticas agrícolas e os sistemas de transformação de alimentos e criar cadeias de valor inovadoras. No entanto, a investigação sobre os sistemas alimentares biológicos na Europa financiada com fundos públicos é frequentemente liderada por pequenas comunidades de investigação, fragmentadas tanto do ponto de vista geográfico como institucional. Para aumentar o impacto desta investigação, é necessário um esforço conjunto. Há mais de uma década que os parceiros do CORE Organic Cofund trabalham para superar os desafios mais importantes ao longo das cadeias de valor biológicas através das redes do Espaço Europeu da Investigação. A rede do projeto CORE Organic Cofund (Coordination of European Transnational Research in Organic Food and Farming Systems Cofund) conta atualmente com 26 parceiros de 19 países. Ao aumentar o potencial de inovação, o acesso aos conhecimentos, a harmonização da investigação nacional e o alcance internacional, os parceiros pretendem dar resposta à procura crescente de produtos biológicos, apoiar a elaboração de regulamentos sobre agricultura biológica e, por conseguinte, estimular uma alimentação mais saudável, o comércio e a criação de emprego. Os projetos apoiados contribuem, além disso, para aumentar a competitividade da agricultura europeia nos mercados locais e mundiais. Coordenado pela Universidade de Aarhus, na Dinamarca, o consórcio lançou um apelo conjunto a inovações capazes de apoiar uma abordagem de sistemas alimentares sustentáveis e o crescimento do setor biológico na Europa, bem como, em termos gerais, uma melhor compreensão das especificidades das abordagens agrícolas ecológicas. Doze projetos receberam um montante total de 15 milhões de EUR. Estes incluem, por exemplo, o SureVeg, que explora o cultivo em faixas e a reciclagem de resíduos como base para uma produção hortícola intensiva biodiversificada e eficiente na utilização dos recursos, o FreeBirds, um projeto que visa melhorar a saúde das galinhas e os problemas ambientais da criação ao ar livre, e o ProOrg, que procura elaborar um código de boas práticas para a transformação de alimentos biológicos. O programa, que decorre até maio de 2022, continua a acompanhar os projetos financiados, prestando assistência no que diz respeito à participação das partes interessadas e à divulgação dos trabalhos, a fim de garantir um maior impacto dos esforços de investigação.

Keywords

Core Organic Cofund, biológico, sustentável, agricultura, alimentação, conhecimentos, investigação